Profissionais têm mais chances de ascensão em empresas de pequeno e médio porte

Muita gente sonha em trabalhar em empresas como Google, Amazon e Facebook. Mas você sabia que para entrar para o time do Google, por exemplo, a concorrência para o programa de estágio é na média de 164 candidatos por vaga – o triplo da registrada pela carreira mais procurada na Universidade de São Paulo (USP), engenharia civil, de São Carlos.

Apesar das pequenas e médias empresas não poderem oferecer salários altíssimos já de entrada, são nestas que existem maiores possibilidades de promoções, aumentos e incentivos sem tamanha concorrência e burocracia interna, afinal todos têm acesso direto à diretoria. Sem contar a possibilidade de ganhar uma parte societária na empresa. 

Além disso, algumas atividades não são tão rígidas, portanto os profissionais interessados em se desenvolver podem abraçar novas atribuições com maior flexibilidade e autonomia. Na Tony Veículos prezamos muito por isso e tomamos decisões de maneira muito mais ágil do que numa empresa de estrutura maior.

Um alerta: Quem deseja trabalhar nas menores, mas que crescem de maneira acelerada, não pode ter medo de entrar de cabeça e colocar a mão na massa todos os dias. A pessoa precisa se identificar com estruturas mais ágeis e à novas ideias e projetos disruptivos – um perfil muito similar à um empreendedor, que se coloca em posição de risco, mas que pode colher muitos frutos lá na frente.

“É fácil obter bons resultados quando o cenário é favorável, mas muito mais desafiador quando o contexto é nebuloso. Com a pandemia vimos que todas as nossas apostas nos últimos anos foram assertivas pois sempre nos voltamos à inovação. A Tony é uma empresa vanguardista e investiu muito no mundo digital, não por acaso crescemos ainda mais nesse período”, explicou Lucas Lemos que trabalha na empresa há quase 1 década.

Apesar de 40 anos no mercado, a Tony tem uma ‘pegada startup’ – de dar oportunidade e autonomia para a pessoa trabalhar da maneira mais autônoma e eficiente possível – e isso faz diferença para reter talentos. O projeto da Oncar – um sistema completamente ágil para controle e gerenciamento de concessionárias, é bom exemplo. 

Dentro do contexto da pandemia, a tecnologia se fez ainda mais essencial para a sobrevivência dos negócios e quem apostou na digitalização antes de tudo isso acontecer, largou muito mais à frente.  Tudo está mudando abruptamente, os negócios estão se digitalizando de maneira acelerada e novas demandas vão surgindo em todos os elos da cadeia de produtos e serviços. Ao mesmo tempo nunca valorizamos tanto as mentes mais criativas e resilientes. 

E você, se sente preparado para trabalhar aqui na Tony? 

Nesse momento estamos ampliando o nosso time na área de programação, dados, produto, marketing e operação. 

Se você tem perfil empreendedor, é curioso, não tem medo de errar e se interessa pelo setor automotivo, se inscreva nesse LINK ou me mande uma mensagem no particular aqui no Linkedln. Vai ser um prazer conversar contigo.  Fico super à disposição! 

Bruno Maia, diretor de inovação na Tony Veículos
bruno@tonyveiculos.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *